Itapiranga/SC - Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
www.oestemania.net
Próximos eventos e coberturas fotograficas
Itapiranga/SC
O tempo agora


23 de maio de 2020

Homem que matou ex-companheira a machadadas em Chapecó é condenado a 18 anos de prisão

O ex-companheiro de Lindamira Teixeira Bandeira, de 21 anos, foi condenado a 18 anos e oito meses de reclusão, em regime fechado por homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, uso de recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima e feminicídio. O júri do homem, de 35 anos, aconteceu nesta sexta-feira (22), no Fórum da Comarca de Chapecó. Conforme a decisão foi negado o direito de recorrer em liberdade.

Segundo o delegado Vagner Papini, no domingo dia 24 de junho, a noite o acusado foi até a residência onde ele vivia com a vítima e escondeu-se  no quarto dos fundos. Por volta das 23h, outro homem, o novo relacionamento amoroso de Lindamira foi até a casa e ficou por 40 minutos. Uma hora depois, quando a vítima foi dormir, o autor foi até os fundos da residência, pegou um machado, foi até o quarto de Lindamira, tirou o seu filho que teve com a vítima e colocou na sala, retornou ao quarto e desferiu três golpes na ex-companheira.

Segundo Vagner Papini, o homem será indiciado por homicídio duplamente qualificado. A primeira qualificadora é que ele dificultou a defesa da vítima, pois ela dormia no momento do crime e a segunda é pelo feminicídio, que é o homicídio qualificado em razão da vítima ser mulher. Ele também responderá por aborto, tendo em vista que ele tinha conhecimento da gravidez da vítima.

“Conseguimos também apurar, que o autor tinha conhecimento que a vítima estava grávida. A dúvida desse autor era se o filho seria dele, ou do individuo que a vítima estava mantendo um relacionamento”, fala Vagner Papini sobre acusação de aborto.

O conselho de sentença foi formado, por sorteio, por três homens e quatro mulheres. Na acusação, atuou o representante do Ministério Público de Santa Catarina, o promotor de justiça Átila Guastalla Lopes. Os advogados de defesa foram Luiz Antonio Andrigge. O juiz Jeferson Osvaldo Vieira presidiu a sessão.

Por Click RDC

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar

Últimos vídeos

Watch this video on YouTube.

Watch this video on YouTube.

JACARÉS E SECA NO PANTANAL
Watch this video on YouTube.

Um ano de tragédia no Rio Urugua...
Watch this video on YouTube.

Nova rota para a travessia do Ri...
Watch this video on YouTube.

Chuva de granizo em Curitiba Par...
© Copyright 2019