Itapiranga/SC - Domingo, 09 de Agosto de 2020
www.oestemania.net
Próximos eventos e coberturas fotograficas
Itapiranga/SC
O tempo agora


26 de julho de 2020

Com gols de pênalti, Esportivo e Inter empatam em 1 a 1 na Serra

No segundo jogo da retomada após a parada pela pandemia, o Inter voltou a encontrar dificuldades e a apresentar problemas. Bastante modificado, a equipe do técnico Eduardo Coudet entrou em campo com reservas. Novamente, sofreu para criar e, diante disso, precisou buscar o empate em 1 a 1 contra o Esportivo, em Bento Gonçalves. A partida foi realizada na noite deste sábado, na Montanha dos Vinhedos. 

Os dois gols do jogo foram marcados de pênalti e na primeira etapa. O Esportivo abriu o placar em cobrança de João Paulo, aos 36 minutos. Apenas quatro minutos depois, Sarrafiore foi derrubado dentro da área. Pottker converteu e acabou dando números finais ao confronto, válido pela quinta rodada do returno do estadual. 

Com o resultado, o Inter se mantém na liderança do grupo A da competição, com 8 pontos. No entanto, pode ver a aproximação dos rivais, que ainda jogam na rodada. Já o Esportivo vai para 8 pontos, e tem a vice-liderança do grupo B ameaçada, podendo deixar a zona de classificação para as semifinais do returno. 

O Inter volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30min, quando enfrenta o Aimoré. Mesmo sendo mandante, ainda não há definição para o local da partida, por conta das restrições impostas em Porto Alegre para evitar o contágio de Covid-19. A partida é válida pela sexta e última rodada do returno do Campeonato Gaúcho. 

Pênaltis para os dois lados no primeiro tempo

Na comparação com o clássico Gre-Nal, o Inter entrou bastante modificado, com alterações em todos os setores. Na lateral esquerda, a estreia de Matheus Jussa, contratado durante a paralisação dos torneios. A zaga foi formada por Roberto e Zé Gabriel. No meio, Lindoso substituiu Musto, que não foi bem no Gre-Nal. Nonato também começou entre os titulares. No ataque, William Pottker e Sarrafiore substituíram Guerrero e D’Alessandro.

Mesmo com reservas, o Inter repetiu muitos pontos do Gre-Nal. Ficou bastante com a bola nos primeiros 25 minutos, mas quase nada de perigo ofereceu ao ex-goleiro colorado Renan. Abusou das bolas longas, tanto pelo chão quanto pelo alto, mas elas dificilmente acabavam chegando tanto para Pottker quanto para Sarrafiore. 

O Esportivo, por sua vez, também pouco produziu. Em algumas oportunidades, buscou escapar pelos lados do campo, especialmente explorando Xaro. No entanto, a equipe de Bento Gonçalves não conseguiu chegar à frente com qualidade, abusando dos erros no último passe. 

Com isso, o placar só teve alterações na bola parada. E com pênaltis para os dois lados. Primeiro, Rodrigo Lindoso falhou e derrubou João Pedro dentro da área. Ele mesmo cobrou para vencer Danilo Fernandes e fazer 1 a 0. A resposta colorada veio quatro minutos depois. Desta vez, foi Sarrafiore quem sofreu pênalti, para Wiliam Pottker converter e deixar tudo igual.

No último lance da primeira etapa, o Inter quase virou o placar. Após cobrança de falta próximo à bandeira de escanteio, pelo lado esquerdo, a bola sobrou na entrada da área para William Pottker. O atacante encheu o pé e mandou a bola no travessão, assutando o goleiro Renan, e por pouco não levou o Colorado em vantagem ao intervalo. 

 

Jogo mantém ritmo lento na etapa final 

O ritmo lento e cadenciado do início do primeiro tempo se repetiu na etapa final. O Inter pouco fez para imprimir agressividade e velocidade, optando por novamente trabalhar a bola e trocar passes sem pressa em seu campo de defesa. Assim, nenhuma das equipes chegou com perigo à frente nos minutos iniciais. 

Para tentar mudar um pouco o panorama do jogo, Eduardo Coudet lançou a campo Thiago Galhardo, que estava cotado para iniciar a partida, e foi titular antes da parada pela pandemia. 

Apesar das trocas, foi o Esportivo quem chegou mais perto de marcar. Aos 14 minutos, Marcão ganhou da defesa de cabeça, levou ao fundo e escorou rasteiro para Caprini. Ele se antecipou à defesa e tocou na bola, que passou fraco, mas perto, levando muito perigo ao gol defendido por Danilo Fernandes. 

Mesmo com a leve melhora com a entrada de Galhardo, isso não foi suficiente para que o Inter criasse boas chances de marcar. Coudet novamente tentou buscar a solução no banco: promoveu a entrada do jovem João Peglow no lugar de Marcos Guilherme, que também contribuiu pouco ofensivamente.

O Inter até melhorou com as entradas. Teve mais volume ofensivo e pressionou o Esportivo em seu campo. Criou chances em cruzamentos e conseguiu uma sequência de escanteios que oportunizaram boas bolas paradas. Só que a pressão final não se traduziu em gol, e o jogo acabou mesmo empatado em 1 a 1. Assim, o Colorado segue sem vencer desde a retomada do futebol no Rio Grande do Sul. 

 

Campeonato Gaúcho – 5ª rodada do returno

Esportivo 1
Renan; Vinicius, Cleiton, Luiz Eduardo e Xaro (Rômulo); Gulith, Igor Bosel (Flávio Torres), Robert e João Pedro; Caprini e Marcão (Gustavo Sapeka). Técnico: Carlos Moraes

Inter 1
Danilo Fernandes; Rodinei, Roberto (Musto), Zé Gabriel e Matheus Jussa; Lindoso, Nonato (Praxedes), Marcos Guilherme (João Peglow) e Patrick; Sarrafiore (Thiago Galhardo) e William Pottker. Técnico: Eduardo Coudet

 

Gols: João Pedro (36/1T); Pottker (40/1T)
Cartões amarelos: Robert (Esportivo); Roberto, Patrick (Inter)
Árbitro: Anderson Daronco
Local: Estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves
Data e hora: 25/07, às 19h

Por Correio do Povo

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar

Últimos vídeos

Chegando no Rio Uruguai pela RS-163

Gravamos no último SÁBADO chegando no Rio Uruguai pela RS-163

Posted by Portal Oeste Mania on Wednesday, July 15, 2020

Classificados

Motos
FRANCAR MOTOS ITAPIRANGA

FRANCAR MOTOS ITAPIRANGA

carros
C4L A 2L TEND 2015 na Francar Itapiranga

C4L A 2L TEND 2015 na Francar Itapiranga

© Copyright 2019