Itapiranga/SC - Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
www.oestemania.net
Próximos eventos e coberturas fotograficas
Itapiranga/SC
O tempo agora


8 de janeiro de 2021

Cidades de SC podem ter acesso à Coronavac no fim de janeiro

A chegada da vacina que protege contra a covid-19 pode estar próxima, segundo a Federação Catarinense de Municípios (Fecam), que prevê que as cidades catarinenses tenham acesso às doses da Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, até o fim de janeiro.

A informação sobre a vacina foi repassada pela prefeita do município de São Cristóvão do Sul e a Diretoria da Fecam, Sisi Blind, ao site ND+. A Fecam oficializou o interesse na compra da vacina Coronavac ainda no dia 10 de dezembro. A vacina deve ser distribuída somente após receber aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O protocolo assinado entre a Fecam e o Instituto Butantan garante a reserva técnica de 500 mil doses. Conforme Blind, a quantidade inicial cobriria a imunização das equipes de saúde, seguindo o protocolo de grupos prioritários do Plano de Vacinação do Ministério da Saúde e do Governo do Estado.

A Fecam estima que existam cerca de 130 mil profissionais de saúde nos municípios e planeja a partir de agora fazer um levantamento, através das associações de municípios, para saber o número exato de profissionais da área atuantes no Estado.

“Com essa pesquisa, a ideia é colocar as cotas à disposição dos municípios. A Fecam não pode fazer a aquisição em si das vacinas, pode fazer a reserva. Nós damos o encaminhamento. Queremos que seja democrático e que todos os municípios tenham acesso para a vacinação inicial”, diz a prefeita.

Eficácia da Coronavac

Na manhã da quinta-feira (7), o Butantan apresentou os resultados da Coronavac à Anvisa. Os resultados obtidos nos ensaios clínicos de fase 3, demonstram que ela tem eficácia de 78%. Em relação aos casos graves e internações, a eficácia foi de 100%. Com isso, ainda na quinta, o Instituto Butantan iniciou o encaminhamento à Anvisa do pedido de aprovação do uso emergencial do imunizante.

Vacina russa

Após oficializar o protocolo de intenção de compra da CoronaVac, a Fecam também se movimentou para garantir mais uma vacina contra a Covid-19 em Santa Catarina: a Sputnik V, desenvolvida na Rússia. A vacina apresentou eficácia de 91,4% em sua fase final de estudos.

Para conseguir as doses, a entidade negocia com o Governo do Paraná, que através do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná), firmou acordo com o Instituto Gamaleya, que desenvolve a vacina russa.

De acordo com a integrante da diretoria da Fecam, a previsão é de que uma reunião seja realizada na semana que vem, mas ainda não há data definida. Uma comitiva vai visitar as dependências do Tecpar.

Informações: ND Mais

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar

Últimos vídeos

Watch this video on YouTube.

Watch this video on YouTube.

JACARÉS E SECA NO PANTANAL
Watch this video on YouTube.

Um ano de tragédia no Rio Urugua...
Watch this video on YouTube.

Nova rota para a travessia do Ri...
Watch this video on YouTube.

Chuva de granizo em Curitiba Par...
© Copyright 2019