Itapiranga/SC - Domingo, 29 de Novembro de 2020
www.oestemania.net
Próximos eventos e coberturas fotograficas
Itapiranga/SC
O tempo agora


8 de dezembro de 2019

500 caminhões com grãos foram barrados na fronteira do Paraguai com o Brasil

Com uma perda de US $ 50.000 por dia, os exportadores de grãos estão expostos à aplicação desde ontem do Sistema Internacional de Transição Aduaneira (Sintia), de acordo com a denúncia dos representantes dos exportadores Capeco (Câmara Paraguaia de Grãos e Oleaginosas)

“Existem 500 caminhões parados sem poderem passar ao Brasil, porque, apesar de nossos avisos de que isso não funcionaria, a Diretoria Nacional de Alfândega começou a aplicar o Sintia”, disse Carlos Rendano, coordenador de transporte da Capeco.

O coordenador afirmou que o sistema pretende integrar a alfândega dos países vizinhos, mas é diferente o fato de 50 caminhões entrarem na Argentina e os 500 caminhões que vão para o Brasil, portanto, nessas condições não funcionará de acordo com sua versão.

Atualmente, há um inconveniente para a passagem de caminhões por Salto del Guairá, no departamento de Canindeyú, devido ao nível baixo da água e por Puerto Indio, Alto Paraná, devido ao bloqueio dos colonos que demandam a construção de um pavimento asfáltico, ao qual se acrescenta a implementação do novo sistema aduaneiro, de acordo com a denúncia.

A frota de veículos encalhados no Alto Paraná representa um gasto diário de cerca de US $ 100 por dia e será impossível liberar durante o dia, segundo Rendano. Anteriormente, o procedimento era realizado através de um código de barras, que desde esta quarta-feira já está suspenso.

Entre os produtos barrados estão 70% dos grãos, como milho, trigo e arroz, enquanto 30% corresponde a vários produtos.
Fonte: Ultima Hora

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

voltar

Últimos vídeos

Watch this video on YouTube.

Watch this video on YouTube.

JACARÉS E SECA NO PANTANAL
Watch this video on YouTube.

Um ano de tragédia no Rio Urugua...
Watch this video on YouTube.

Nova rota para a travessia do Ri...
Watch this video on YouTube.

Chuva de granizo em Curitiba Par...
© Copyright 2019